top of page

Gerando Renda Para Seu Futuro 2

Chegamos ao segundo capítulo da nossa série de como realizar o sonho da maioria dos brasileiros: Viver de renda.


 

Olá, pessoal,


Já aprendemos como juntar um patrimônio a longo prazo de uma forma eficiente, bem como vimos algumas formas de fazer com que esse patrimônio gere renda. No entanto, essas opções não são tão eficientes.


Hoje vou apresentar para vocês uma forma muito interessante para a estratégia de geração de renda perpétua: montar uma carteira de fundos imobiliários.



Quem nunca ouviu os pais e avós dizerem "comprar um imóvel é o melhor investimento que você pode fazer"? Até recentemente, o plano de investimento de todo brasileiro era poupar muito e depois comprar uma casa. Este era posto para alugar a fim de se ter uma renda extra todo mês.


E se eu lhe dissesse que faríamos exatamente isso apenas com instrumentos mais eficientes e sofisticados? Para acumular os recursos usamos a previdência privada (nós falamos sobre as vantagens em outros capítulos) e agora usaremos o patrimônio para investir em FIIs.


Espera aí Patrick, mas o que são esses fundos imobiliários? Nunca ouvi falar disso!


Os fundos imobiliários começaram a entrar no radar dos investidores depois que a taxa de juros começou a baixar. De maneira bem simples, o fundo é uma empresa especializada em atuar no mercado imobiliário. Ela vai comprar imóveis para depois alugar ou emprestar recursos para empresas que queiram fazer algum empreendimento imobiliário em troca de uma taxa de juros. Por exemplo a Prosaude quer construir um novo hospital, mas não tendo recursos para tal, pode pedir dinheiro emprestado para um fundo imobiliário ao invés de recorrer ao banco (custo do empréstimo é mais barato).


“Tá bom, entendi..., mas e o que eu ganho com isso?”


Fundos imobiliários possuem diversas vantagens para o investidor pessoa física – as quais elenco abaixo algumas.


 

Considerando a hipótese que você juntou 1 milhão de reais e está na dúvida se compra um imóvel ou se investe em fundos imobiliários.


1- Maior diversificação Quantas propriedades você compraria com 1 milhão de reais? Uma? Duas? Três? O fundo imobiliário compra ativos com o seu dinheiro e o de outros investidores. Gestores imobiliários administram bilhões de reais. Assim, investir em um fundo imobiliário dá acesso a dezenas de imóveis, diminuindo o risco. Quando você imaginou ser dono de parte de um grande complexo de compras ou do galpão que aluga para Amazon, Toyota e Lojas Americanas? Quem pode ser dono de uma agência do Banco ITAÚ?


2- Fácil acesso Como dito: Quanto pode custar um imóvel? 300 mil? 500 mil? 1 milhão? Poucos podem adquirir inúmeras residências, certo? Fundos imobiliários negociam cotas de R$ 100, o que leva ao próximo ponto.


3- Liquidez, você deve encontrar um comprador que pague seu preço para vender uma casa. Vender uma casa é difícil. A partir daí, uma sequência de documentos – às vezes redigidos por advogados, cartório para oficializar etc. Esta transação pode levar semanas. Para se livrar da propriedade, você deve vendê-la completamente!



Ah Patrick, mas eu não preciso de 1 milhão de reais, preciso só de 200 mil.


Paciência. Vai ter que vender o imóvel inteiro, você não pode vender um quarto e um banheiro e guardar a sala e a cozinha. Nos fundos imobiliários sim. Lembra que você compra cotas do fundo? Pois então você pode vender somente algumas cotas. E como se faz isso? Na frente do computador em menos de 5min. Sem burocracia, sem advogado, sem cartório sem documentos. Simplesmente abre o site da sua corretora e vende. Por se tratar de cotas, é infinitamente mais fácil você achar comprador. Vender algumas cotas para alguém interessado, se ele não quiser tudo, vender para outra pessoa o restante.


Deixei o melhor para o final, nessa semana vamos falar sobre a rentabilidade desse tipo de investimento e de como ele pode trazer paz para sua vida.

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page